Janiópolis, quinta-feira, 22 de agosto de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE

Eventos

04/03/2019 | Concebido por Campo Mourão

Melhores de 2018 são reconhecidos em premiação pela Liga de Handebol do Paraná

Melhores de 2018 são reconhecidos em premiação pela Liga de Handebol do Paraná

Conhecido como um celeiro de grandes atletas, o Paraná revela para o cenário esportivo nacional e internacional cada vez mais talentos. Em reconhecimento pelo trabalho desenvolvido por jogadores, técnicos, dirigentes, lideranças esportivas e instituições de ensino no ano de 2018, a Liga de Handebol do Paraná (LHPR) realizou mais uma edição do Prêmio Melhores do Handebol Paranaense, tendo como palco a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), campus de Campo Mourão.

Durante a cerimônia foram relembrados os inúmeros desafios que os esportistas enfrentaram, ao longo do último ano, para chegar ao ponto mais alto das competições, o que os tornaram referência e exemplos a serem seguidos. Foram premiados 56 personalidades em três categorias: Rendimento Esportivo, Esporte Educacional e Mérito Esportivo.

A temporada 2018 chegou próximo a 800 partidas, marca que colocou a LHPR entre as maiores entidades do país em número de jogos realizados. “Ficamos muito felizes com essa marca, resultado da participação efetiva dos clubes filiados, atletas, treinadores e dirigentes da Liga, que juntos fazem acontecer e tornam o handebol do Paraná referência no Brasil. Que 2019 tenhamos muito sucesso e muito handebol”, declarou o presidente da LHPR, Roberto Ferreira Niero (Pimpão), destacando: “O Prêmio Melhores do Handebol Paranaense é uma grande festa aos que se destacaram em 2018, um reconhecimento pelo trabalho, esforço e suor em prol de seus objetivos”.

Na oportunidade, o vice-presidente da LHPR, Erivalto Oliveira (Negão), relembrou o significativo crescimento da modalidade no Estado, atualmente praticada em todos os municípios paranaenses por crianças em idade escolar. “Desde que fundamos a Liga em 2001 houve uma grande adesão, passamos a oferecer competições em categorias menores, o que possibilitou um crescimento expressivo do handebol no Estado, passando a ser amplamente praticado e hoje a Liga é uma entidade esportiva respeitada em todo o Paraná. O trabalho de base realizado nos municípios tem alavancado muito o handebol”, ressaltou.

O secretário municipal de esportes, Marcelo de Oliveira Lima, parabenizou todos os esportistas pelas suas conquistas, reconhecidas com a premiação de melhores do ano de 2018. Premiado com o troféu melhor do ano, o prefeito de Campo Mourão, Tauílio Tezzeli, salientou a importância da modalidade no município, que hoje envolve mais de 500 jovens praticando handebol nas escolinhas de base. “Temos uma lei de incentivo ao esporte desde 2003, com essa lei foram criadas associações e hoje movimentamos a cidade inteira com todas as modalidades voltadas à formação, e a Associação de Handebol é uma das mais importantes, porque ela movimenta vários bairros na iniciação esportiva. A gente percebe que quem pratica o handebol gosta, a família acompanha e os eventos são sempre grandes acontecimentos”, frisou o gestor público.

Representando o diretor geral da UTFPR, Heron de Oliveira Santos Lima, o diretor de Relações Empresariais e Comunitárias da UTFPR, Rafael Fernando Pequito, destacou a importância do evento e a parceria formada entre as entidades. “Para a universidade que é tecnológica, não oferece em sua grade de cursos Educação Física em Campo Mourão, é um prazer imenso receber um evento desta relevância, parcerias como essa são muito importantes para que todo mundo possa dar um passo à frente, uma vez que o trabalho fica muito mais fácil quando realizado em conjunto. Parabéns a todos os premiados”, enalteceu, após receber o troféu de melhor do ano pela universidade, a qual contribui de forma decisiva para a realização do evento.

Em sua primeira participação no Campeonato Paranaense de Handebol Cadete, o meia esquerda Vinicius Salvador Santos Silva ajudou Paranavaí/Asap na conquista da medalha de prata, sendo eleito o melhor atleta da competição. “Dedico esse prêmio à minha equipe, sem eles não conseguiria sozinho. Essa foi nossa estreia em competições estaduais representando nosso município, acredito que fizemos uma grande apresentação e este prêmio vem para coroar toda dedicação e entrega, minha e do time, para que pudéssemos fazer o nosso melhor dentro de quadra”, frisou.

Maior premiado do evento, a Prefeitura de Maringá/Unimed/Unicesumar levou 12 troféus pra casa, destes três com o técnico Marlon Aguiar de Araújo (Biroto), que conquistou o título masculino com a categoria sub-16 e o troféu de campeão masculino e feminino dos Jogos Universitários do Paraná. “Essa premiação é de uma grandeza enorme para a nossa modalidade. Esse evento mostra crescimento e a valorização que o handebol tem no Paraná, nos estimula a continuar buscando melhores resultados, além de ser uma motivação maior para trabalhar, não só para buscar ser campeão, mas por tudo que você precisa realizar para chegar ao objetivo almejado”, expôs.

Com um ano repleto de superação, a professora astorgana, Marli Damaceno, recebeu o troféu de melhor técnica da categoria masculina sub-17 da Copa Paraná, junto com seu atleta Gustavo Henrique Gomes, premiado como destaque e artilheiro da mesma competição. “Esse prêmio é um estímulo para continuar trabalhando, um reconhecimento por tudo que realizamos durante um ano de trabalho, assim como também é uma forma de mostrar para o município o que temos feito pelos nossos atletas. Estou emocionada, o último ano foi de grandes desafios, em que os melhores atletas de Astorga foram convidados para jogar para municípios maiores, ganharam bolsas para estudar, então é isso que nós, enquanto técnica, podemos fazer por eles. Estou muito honrada em receber esse prêmio”, frisou.

Premiado pela primeira vez com o troféu da artilharia da categoria juvenil Chave Ouro, o jogador jussarense Matheus José de Souza comemora a conquista. “Esse é meu primeiro prêmio em reconhecimento pela minha atuação, estou muito feliz, vou continuar treinando para que possa viver esse momento mais vezes”, disse.

 

PUBLICIDADE

Fonte: CAMPO MOURÃO | CIDADE PORTAL | Liga de Handebol do Paraná | Fotos: Nelson Cerqueira/LHPR

OPINE!

CIDADE PORTAL
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.

Desenvolvido por Cidade Portal